Ir direto para menu de acessibilidade.
Acesse o canal do servidor
Início do conteúdo da página
CADERNO TRANSPORTES

Ministério da Infraestrutura divulga balanço de obras e investimentos realizados em 2019

:: :
Publicado: Terça, 19 de Maio de 2020, 09h59 | Última atualização em Terça, 19 de Maio de 2020, 12h30

Publicação apresenta as principais ações e projetos nos setores rodoviário, ferroviário, hidroviário, portuário e aeroportuário

Em 2019, foram leiloados 27 ativos, que representam o investimento privado de R$ 16,75 bilhões, associado com a outorga obtida de R$ 5,93 bilhões. Ao todo, foram 12 aeroportos, 13 terminais portuários, uma rodovia e uma ferrovia, além da assinatura do contrato de concessão da Rodovia de Integração Sul (RIS). Esse foi o balanço do ano apresentado no “Caderno Transportes”, divulgado pelo Ministério da Infraestrutura nesta segunda-feira (18).

A publicação, que traz o panorama das ações e investimentos realizados pela Pasta e suas vinculadas no ano passado, também apresenta as estratégias de distribuição de recursos usadas para manter o desenvolvimento dos empreendimentos em todos os setores de transporte (rodoviário, ferroviário, hidroviário, aéreo e portuário), além dos investimentos do Fundo da Marinha Mercante e Fundo Nacional da Aviação Civil.

A respeito dos investimentos públicos, a estratégia foi de racionalizar os recursos, o que possibilitou avanços significativos, além da entrega e retomada de obras em todos os modos de transportes, com destaque para a conclusão da BR-163/MT/PA, interligando Sinop/MT a Miritituba/PA.

O Caderno Transportes também apresenta ações relevantes realizadas em 2019, como: iniciativas relacionadas à governança e integridade; o Radar Anticorrupção; o Programa de Transformação Digital; o Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas (Fórum TRC); o acordo com a Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) - VLI Logística; e a Política Nacional de Cabotagem, entre outras.

Clique aqui e acesse o Caderno Transportes 2019. 

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

 

 

Fim do conteúdo da página